Home / MARKETING / Marcas que engajam clientes – Pontos de Contato
Marcas

Marcas que engajam clientes – Pontos de Contato

Marcas que engajam clientes – Pontos de Contato

Marcas desejam engajar clientes e conquistar fãs – fato. Essa é uma das principais premissas de anunciantes que desejam aumentar seu ROI (Return on Investiment ou Retorno sobre o Investimento). Daí, somam-se metas para o ROE (Return on Engagement ou Retorno sobre Engajamento) que são ainda mais complexas no atual cenário.

Com o aumento da concorrência, disseminação de recursos tecnológicos e facilidade de acesso à informação, os consumidores estão conectados e antenados às diferentes possibilidades de comunicação oriundas de produtos e serviços. Portanto, a elaboração de estratégia de canais que atuem em sintonia e com consistência é fundamental para que o público tenha uma boa experiência nos diversos pontos de contato.

Considerando que a reputação da marca envolve justamente seu desempenho nessas frentes, mais do que uma atuação múltipla, é preciso que haja a unificação de canais, fazendo uso da tecnologia disponível, do treinamento das equipes e da análise de dados cruzados (data mining).

Nesse caso, muito além de planejamento de Marketing focado em branding, investimento em CRM (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) e inteligência nos pontos de contato podem proporcionar relevância para as empresas. Ao recepcionar positivamente seus clientes e atender suas expectativas, é possível conquistar sua confiança e iniciar o processo de construção do relacionamento B2C (business-to-consumer).

Através da reação, das características e dos hábitos do consumidor, dados podem ser obtidos nos pontos de contato contribuindo para que empresas de todos os segmentos e portes aprimorarem suas interfaces com o público e fortaleçam as ações de branding.

Marcas com visão integrada do negócio para engajar

Portanto, é fundamental que o departamento de Marketing das organizações esteja atento à integração de todos os pontos de contato como fonte de feedback e inteligência para todo o organograma empresarial – da diretoria à produção, da comunicação à equipe de vendas ou atendimento.

Isto porque, seguir a proposta omnichannel envolve adesão de todas as áreas da empresa que devem estar aptas a receber informações do mercado consumidor.  Isso inclui flexibilidade para mudanças que, quando necessárias, devem ser interiorizadas de modo ágil para utilizar mecanismos de respostas que a coloquem à frente da concorrência.

No entanto, o que temos percebido, é uma atenção demasiada às redes sociais como se este fosse o único canal de comunicação e relacionamento da empresa, gerando descuido com os demais. Obviamente, não podemos subestimar o poder dessas plataformas, porém, a ausência de sintonia entre o posicionamento nos pontos de contato pode gerar ruídos, inconsistência e abalar a reputação de produtos e serviços.

Portanto, empresas que desejam engajar e conquistar fãs, para ampliar tanto o ROI quanto o ROE, devem prezar pela visão integrada do negócio com foco no, do e para o cliente. E isso inevitavelmente perpassa por quanto de atenção é dada aos múltiplos pontos de contato estabelecidos com o público e como essa questão tem sido abordada nos planos de ação.

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo Pantene aposta em garantir proximidade com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *