Home / MÍDIA / Yahoo e AOL: Patriarcas da internet terão atuação integrada
Yahoo AOL

Yahoo e AOL: Patriarcas da internet terão atuação integrada

Após a compra da AOL, Verizon anuncia aquisição do Yahoo por US$ 4,83 bilhões

A partir da nova aquisição, a Verizon anuncia a fusão da operação tanto da AOL (América Online) quanto do próprio Yahoo. Assim, a maior empresa norte-americana de telecomunicações adquire robustez tanto no cenário internacional quanto no Brasil para competir com gigantes como Google e Facebook. O negócio promete trazer novidades tanto para o mercado digital, principalmente mobile e ferramentas de compra e mensuração de publicidade.

A negociação com o Yahoo envolve cerca de US$ 5 bilhões, 8 vezes menor do que o valor proposto pela Microsoft em 2008, quando foi recusado por estar muito abaixo do  mercado. O atual acordo demonstra perda de relevância do player no volúvel e complexo cenário internético. E, apesar da negociação ter sido bem sucedida com a Verizon, o Yahoo mudará de nome e manterá suas participações no site de compras online Alibaba Group Holding Ltd. e no Yahoo Japan Corp., o que corresponde a US$ 40 bilhões.

O Yahoo foi um dos players responsáveis pela popularização da internet. Após iniciar projeto na Universidade de Stanford em 1994, a startup ganhou o mundo e diversificou seu portfólio de serviços. Após 22 anos, no entanto, com a nova fase da web e inserção de novos concorrentes, a empresa vinha perdendo fôlego.

Também é preciso lembrar que a Verizon já havia negociado em março de 2015 a aquisição da AOL, provedor de serviços de internet que possui enfoque no segmento corporativo. Essa movimentação não ocorreu por acaso e o Brasil está na rota de investimentos. Após 10 anos a AOL retomou ao mercado brasileiro em maio deste ano ao lançar plataforma de publicidade digital e assumir as operações publicitárias da Microsoft. Na época, esse movimento da Verizon foi apontado como reflexo de demandas de parceiros globais, inclusive anunciantes que anseiam por soluções que tragam resultados em escala.

O Brasil é um dos países em destaque com mercado anunciante e consumidor que podem amplificar resultados e contribuir com a estratégia da empresa. A promessa é de que outros acordos surjam com empresas de telecomunicações e mobile, principalmente na América Latina. Inclusive, o interesse no Yahoo já havia sido anunciado pela Verizon quando retornou com a AOL para o Brasil. Se o ritmo for mantido, novos horizontes surgem para ampliar a concorrência no mercado de comunicação digital, com diversificação de investimento, entrega de novos serviços e possibilidades de conteúdo.

Embora ainda distante do Google e Facebook, a Telecom intensifica o jogo e acirra a disputa. Com a nova aquisição, a Verizon aglutinará os serviços de web do Yahoo (com 1 bilhão de usuários mensais) e distribuição de conteúdos, ampliando a participação no mercado de publicidade digital que ao todo movimenta US$ 187 milhões. Cenário interessante para que os profissionais de Comunicação e Marketing estejam atentos.

 

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Twitter busca atrair anunciantes com conteúdo premium

Twitter busca atrair anunciantes com conteúdo premium

Twitter busca atrair anunciantes com conteúdo premium Twitter divulgou essa semana o lançamento de novas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *