Home / MARKETING / Visa amplia pontos de contato com novos dispositivos

Visa amplia pontos de contato com novos dispositivos

Visa amplia pontos de contato com novos dispositivos

Visa utiliza tecnologia para ampliar pontos de contato com os usuários através de novos dispositivos. Para manter sua penetração junto ao público e ampliar abrangência, a operadora de cartão de crédito aplica altos investimentos em tecnologia para viabilizar suas operações través de celular (OI Pago foi pioneira e naufragou), relógio, anel e pulseira.

A empresa também aposta no uso de novas funcionalidades para galgar sua economia de escala através de inovações. A iniciativa viabiliza uso de cartão com múltiplas funções, dentre elas, o pagamento de passagens de meios de transporte e a realização de parcerias com grandes players.

Com o Bradesco, durante a Olímpiada Rio 2016, liberou uma pulseira para pagamentos em débito tendo como base a tecnologia NFC (Near Field Comunication). Nesse caso, não é necessário o uso de senha para compras de até R$ 50,00. Com a mesma técnica de transferência de dados, realizou cooperação com a Watch para lançar um relógio que faz pagamentos – há 2,5 milhões de equipamentos no Brasil aptos a se comunicar com esse gadget.

Adicionalmente, uniu-se à empresa Samsung para trazer mobilidade às transações. Com o Samsung Pay, a empresa aposta em capilaridade uma vez que o dispositivo pode ser usado em qualquer terminal de cartão de crédito com uso da inteligência LoopPay. De olho no futuro, todas essas inovações têm em comum o objetivo de facilitar a vida do consumidor e deixá-lo mais à vontade para realizar compras em qualquer lugar, de modo simples e ágil, sem a preocupação de carregar o cartão de plástico.

cicret-bracelet_como-um-tablet-na-pele-300x162 Visa amplia pontos de contato com novos dispositivos

Ponto de contato contínuo, na pele

Um ponto de contato contínuo, disponível na sua pele, que possibilite realizar múltiplas funções. Essa é a promessa da pulseira desenvolvida pela Cicret. Com tecnologia avançada, o futuro do smartphone estará mais “grudado” do que nunca nos seus usuários. O dispositivo funciona como um tablet, mas projetado na pele do antebraço, próximo ao pulso.

A projeção permite interagir com redes sociais, acionar geolocalização, jogar games e claro, realizar chamadas. Após a implantação, o gadget será útil também para emitir pagamentos, seguindo o objetivo da Visa de alcançar a onipresença na vida dos consumidores. A pulseira é fina, leve, prática e utilizável abaixo d´agua.

Na equipe de desenvolvimento e operação do produto, há ex-funcionários da Apple, o que reforça a preocupação com a simplicidade e o design. Porém, inicialmente, a empresa não conta com investimentos volumosos, sendo necessário buscar o financiamento coletivo de US$ 500 mil dólares. Para os entusiastas, ao efetivar a doação será possível obter o preço especial de pré-venda pagando US$ 250 doláres pela pulseira. Com o alvo de doação atingido, a empresa estendeu a aquisição com desconto até hoje, 15/08. A intenção da Cicret é liberar a primeira edição do produto para uso do consumidor até o final de 2016.

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo Pantene aposta em garantir proximidade com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *