Home / MARKETING / Pontos de Contato para Vestuário no Varejo
Pontos de Contato para Vestuário no Varejo

Pontos de Contato para Vestuário no Varejo

Pontos de Contato para Vestuário no Varejo

O segmento de moda e vestuário no varejo construiu identidade única para a indústria brasileira.

Com sua tradição, pontos de contato físicos conquistaram relevância e embasaram o modelo de expansão das franquias.

No entanto, é preciso estar atento a cinco esferas de contatos que farão diferença para o seu negócio.

Mercado cada vez mais exigente deve prever atuação consistente.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), o faturamento do setor têxtil e de confecção deverá registrar crescimento de 5,5% em 2018, alcançando R$ 152 bilhões.

Também há previsão de aumento de produção em 2,5%, consequência da ampliação nas demandas do mercado consumidor.

E para manter o indicador de crescimento em vendas para clientes cada vez mais exigentes, estratégia de Marketing para o setor de Vestuário e Moda no Varejo deve considerar toda a cadeia produtiva até entrega do produto para o consumidor final.

Nas lojas, há destaque para os itens que estabelecem conexão com o cliente.

Então, para obter ganhos com produtividade, é essencial a implementação de estratégias para

a gestão e o controle dos pontos de contatos no Varejo. As esferas de atuação a seguir trazem dicas imprescindíveis para qualquer negócio, sobretudo para os setores com maior rotatividade de produtos.

Esferas de atuação para gestão eficaz do Varejo

Atuar de modo consistente envolve gestão das esferas de contato

Produto | Controle de qualidade: seu produto prolonga a relação com o cliente e a lembrança da marca.

Esse elemento do Marketing proporciona percepção positiva ou negativa a respeito da experiência de compra.

No segmento de vestuário a qualidade do produto é o que determina se de fato a compra será efetuada ou não.

Por este motivo é necessário monitorar o estado dos produtos que chegam à loja e terão contato direto com o cliente final.

Relatar os defeitos encontrados por meios de relatórios é importante para que o problema seja solucionado internamente de modo prático e rápido.

Ponto de Venda | Visual Merchandising:

esteja atento à imagem que você deseja passar através da vitrine de sua loja.

Atrair atenção de modo positivo, garante oportunidade de vendas.

A vitrine e o ambiente do ponto de venda são espaços estratégicos para atrair clientes.

Nesse aspecto, a organização da loja e a padronização de redes de lojas são elementos que influenciam no movimento das pessoas e podem impactar diretamente nas vendas.

Para trabalhar esses elementos de modo assertivo, estabeleça ações e relatórios queauxiliem na verificação da disposição dos produtos e na organização da vitrine, dentre outras inúmeras opções.

Tendências | Previsão para novas coleções/estações:

acompanhar tendências dos mercados consumidor e concorrentes gera valor e diferencial estratégico para a marca.

Num mercado competitivo, como o da moda, quem se destaca é aquele que oferece o diferencial.

Com estratégia voltada em tendência do mercado consumidor é possível planejar através de listas as coleções que estarão disponíveis para cada estação.

Estas listas auxiliam na elaboração de pedidos e na administração da quantidade de peças que precisam ser solicitadas e distribuídas às outras unidades, caso a loja pertença a uma franquia.

Atendimento | Monitoramento do atendimento ao cliente:

os profissionais que atendem seus clientes representam a marca, e são, em última instância, a empresa viva, em movimento.

Prezar por isso é zelar pela imagem de sua loja.

O atendimento é essencial para que o cliente se sinta confortável e bem tratado.

Manter o monitoramento do atendimento reflete diretamente em todos os outros processos, desde a fila de espera até a pesquisa de satisfação.

O retorno recebido no pós-venda, por meio do índice de satisfação do cliente, indica se os resultados alcançados pela sua loja estão de acordo com o planejamento já realizado ou se existem problemas de gestão.

Canais digitais | Relacionamento:

acompanhar o cliente em sua jornada de compra é manter presença de forma não intrusiva nos canais digitais.

Essa presença deve ir além de envio de mensagens despretensiosas.

Construa relacionamentos e a fidelidade será orgânica.

O desenvolvimento de estratégia de Marketing para gestão dos pontos de contato envolve uso de ferramentas essenciais para administração bem-sucedida do negócio e para obtenção de fidelidade do público.

Marcas menores tendem a realizar ainda maior esforço para construir imagem e divulgar produtos, com intuito de adquirir bom resultado em brand awareness e visibilidade.

Em contrapartida, empresas de grande porte com faturamento acima de R$ 3,6 milhões por ano, reconhecem a competitividade do mercado e a necessidade de estar presente nos diferentes pontos de contato para se relacionar com o consumidor e manter seu índice de lembrança (Top of Mind).

 

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Ex-atendente vira dona de duas franquias de depilação

Ex-atendente vira dona de duas franquias de depilação

Ex-atendente vira dona de duas franquias de depilação Ex-atendente vira dona de duas franquias de …