Home / MARKETING / Governo do Paraná: campanha denuncia racismo
Governo do Paraná: campanha denuncia racismo

Governo do Paraná: campanha denuncia racismo

Governo do Paraná: campanha denuncia racismo

Governo do Paraná divulgou hoje (17) no Facebook um vídeo com experimento social que denuncia o racismo no Brasil. O post gerou até o momento 53 mil reações, mais de 6,2 mil comentários e 122 mil compartilhamentos. O motivo? A campanha expõe como o racismo permeia as relações sociais em atitudes corriqueiras e pode ser refletido através de julgamentos diários.

No seu perfil, o Governo do Paraná enfatiza: “Chega de fingir que é normal”, enquanto apresenta o experimento social realizado com dois grupos de profissionais de Recursos Humanos. Numa sala com câmeras escondidas, as pessoas são convidadas a expressar opinião sobre fotografias.

As situações apresentadas nas imagens são: um homem correndo, uma mulher segurando uma roupa em uma loja, um homem de terno, uma mulher lavando a pia de casa e uma mulher grafitando um muro.

No entanto, para um grupo, havia pessoas brancas nas fotografias; enquanto para o outro, as pessoas das fotos eram negras. Apesar das mesmas situações apresentadas com modelos distintos, as interpretações entre os grupos são totalmente distintas. Além do racismo, o vídeo expõe estereótipos de perfis e profissões presentes no imaginário social. Após o resultado do experimento, a peça ratifica a situação com estatísticas.

Quando o resultado foi questionado pelos internautas como duvidoso ou manipulado, o perfil do Governo do Paraná respondeu: “Olá, pessoal! O Teste de Imagem é um experimento real, que aconteceu na noite do dia 10/11 em uma sala de Focus Group, em Curitiba. Participaram do teste profissionais de RH reais, que foram divididos em dois grupos distintos e emitiram opiniões espontâneas às imagens apresentadas pelo mediador do experimento.”

A campanha foi parabenizada através de comentário do perfil do governo do estado de Pernambuco: “Parabéns pela campanha, Governo do Estado do Paraná. Estamos juntos na luta contra o preconceito racial. Uma luta inteiramente necessária para construímos uma mais sociedade justa e igualitária. Chega de fingir que é normal!”.

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo Pantene aposta em garantir proximidade com …