Home / MARKETING / E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores
E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores
E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com previsão de crescimento é possível, mesmo diante das instabilidades vivenciadas pela sociedade brasileira. 77% dos profissionais entrevistados declaram aumento médio de vendas em 41%. Essa é a conclusão do estudo Mercado Livre/ Ibope Conecta que entrevistou 512 empreendedores MPMEs (Micros, Pequenas e Médias empresas) em todo o país.

As principais razões para o crescimento das vendas são: a diversificação dos produtos à venda (77%), a oferta de frete grátis (38%); participações em promoções (36%); e a oferta de formas de pagamento mais atraentes. Entre os empreendedores que não consideram a possibilidade de crescer em 2017, os fatores apontados são relacionados à economia brasileira (“instabilidade econômica”; instabilidade política”; retração do consumo”; “diminuição do poder de compras”).

Quando comparada com os anos anteriores, a perspectiva é ainda mais positiva: 94% dos entrevistados esperam crescer em 2017 – a uma média de 35%. Este é o maior percentual de entrevistados otimistas registrado na pesquisa (em 2016, 84% dos entrevistados apostavam crescer suas vendas; e em 2015, 87%).

Essa percepção de crescimento para o E-commerce envolve indicativos como maior segurança na compra online (76%); aumento no número de pessoas com acesso à internet (69%); crescimento no número de usuários de smartphones e tablets (64%); maior investimento em marketing (57%); e a busca por mais ofertas online no cenário atual da economia (56%).

Mulheres são mais otimistas e arriscam para e-commerce crescer

Ainda de acordo com o estudo, mulheres demonstram maior otimismo e arriscam em estratégias para estimular o crescimento do E-commerce. Entre os investimentos realizados por elas para venderem mais em suas lojas virtuais: 74% apostaram na diversificação da oferta de produtos; 45% fizeram promoções e 39% passaram a oferecer frete grátis.

Assim, metade (50%) das mulheres que lidera negócios online no país acredita que o E-commerce irá crescer mais de 25% em 2017. No ano passado, as empreendedoras estavam menos confiantes. Apenas 35% apostavam no crescimento do setor. Mesmo percentual registrado pelos homens na pesquisa deste ano.

Duas palavras se destacam para esse otimismo: frete e segurança. A operação de fretes mais acessíveis é destacada como fator fundamental para o avanço do setor em 2017 – 46% das empreendedoras creem neste serviço como alavanca de crescimento contra 41% dos homens. Já para 74% das mulheres, a melhoria na segurança da compra pela internet é determinante para esse aumento da confiança. Em 2016, esse quesito havia sido considerado importante por pouco mais da metade (54%) das empreendedoras online.

Com relação aos processos administrativos, 37% das mulheres consideram o sistema de tributação do e-commerce “complexo”. Porém, esse fator é visto com maior dificuldade pelos homens (45%). Além disso, 38% das empreendedoras não veem como obstáculo administrar os custos gerais da operação de sua loja online, contra 51% dos homens.

Confira também: Conheça as Perspectivas para Cenário Digital em 2017

 

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo

Pantene inaugura novo ponto de contato em São Paulo Pantene aposta em garantir proximidade com …