Home / MARKETING / E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores
E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores
E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com crescimento e otimismo: conheça os principais fatores

E-commerce com previsão de crescimento é possível, mesmo diante das instabilidades vivenciadas pela sociedade brasileira. 77% dos profissionais entrevistados declaram aumento médio de vendas em 41%. Essa é a conclusão do estudo Mercado Livre/ Ibope Conecta que entrevistou 512 empreendedores MPMEs (Micros, Pequenas e Médias empresas) em todo o país.

As principais razões para o crescimento das vendas são: a diversificação dos produtos à venda (77%), a oferta de frete grátis (38%); participações em promoções (36%); e a oferta de formas de pagamento mais atraentes. Entre os empreendedores que não consideram a possibilidade de crescer em 2017, os fatores apontados são relacionados à economia brasileira (“instabilidade econômica”; instabilidade política”; retração do consumo”; “diminuição do poder de compras”).

Quando comparada com os anos anteriores, a perspectiva é ainda mais positiva: 94% dos entrevistados esperam crescer em 2017 – a uma média de 35%. Este é o maior percentual de entrevistados otimistas registrado na pesquisa (em 2016, 84% dos entrevistados apostavam crescer suas vendas; e em 2015, 87%).

Essa percepção de crescimento para o E-commerce envolve indicativos como maior segurança na compra online (76%); aumento no número de pessoas com acesso à internet (69%); crescimento no número de usuários de smartphones e tablets (64%); maior investimento em marketing (57%); e a busca por mais ofertas online no cenário atual da economia (56%).

Mulheres são mais otimistas e arriscam para e-commerce crescer

Ainda de acordo com o estudo, mulheres demonstram maior otimismo e arriscam em estratégias para estimular o crescimento do E-commerce. Entre os investimentos realizados por elas para venderem mais em suas lojas virtuais: 74% apostaram na diversificação da oferta de produtos; 45% fizeram promoções e 39% passaram a oferecer frete grátis.

Assim, metade (50%) das mulheres que lidera negócios online no país acredita que o E-commerce irá crescer mais de 25% em 2017. No ano passado, as empreendedoras estavam menos confiantes. Apenas 35% apostavam no crescimento do setor. Mesmo percentual registrado pelos homens na pesquisa deste ano.

Duas palavras se destacam para esse otimismo: frete e segurança. A operação de fretes mais acessíveis é destacada como fator fundamental para o avanço do setor em 2017 – 46% das empreendedoras creem neste serviço como alavanca de crescimento contra 41% dos homens. Já para 74% das mulheres, a melhoria na segurança da compra pela internet é determinante para esse aumento da confiança. Em 2016, esse quesito havia sido considerado importante por pouco mais da metade (54%) das empreendedoras online.

Com relação aos processos administrativos, 37% das mulheres consideram o sistema de tributação do e-commerce “complexo”. Porém, esse fator é visto com maior dificuldade pelos homens (45%). Além disso, 38% das empreendedoras não veem como obstáculo administrar os custos gerais da operação de sua loja online, contra 51% dos homens.

Confira também: Conheça as Perspectivas para Cenário Digital em 2017

 

Sobre Cinthya Oliveira

Mestre em Mídia, Jornalista e Publicitária. Possui interesse em estudos sobre modelos de negócios, processos de produção em mídia e possibilidades de envolvimento do público. Além das atividades em comunicação, desenvolve estudos acadêmicos e contribui com a capacitação de profissionais.

Além disso, verifique

Você sabe o que é Similarweb?

Você sabe o que é Similarweb?

Você sabe o que é Similarweb? O similarweb é uma empresa de inteligência de mercado …