Home / DICAS E TUTORIAIS / Eventos no Google Analytics
DICAS E NOVIDADES

Eventos no Google Analytics

Adworsd e Analytics são como arroz e feijão, um fica bem melhor se está com o outro. Usar um sem o acompanhamento do outro funciona bem, afinal de contas arroz seco já mata a fome, mas não tem todo o sabor que poderia ter.

large-300x200 Eventos no Google Analytics

Porém é comum muitas pessoas travarem na hora de usar alguns recursos porque exige certo conhecimento de códigos de programação. O básico de html é preciso saber, como por exemplo, saber o que é um link e o que não é (a tag de links é <a href>), sabendo isso já é o suficiente para criar um evento no Google Analytics e conseguir rastrear praticamente tudo!

 

Pela integração do Adwords com o Google Analytics você consegue utilizar Metas como Conversão, como expliquei no artigo anterior.

 

O que são Eventos e para quê servem

Um Evento no GA tem exatamente o mesmo significado de evento na vida real: é alguma coisa que acontece. Uma festa de aniversário é um evento, pois está acontecendo um aniversário. Almoçar é um evento cotidiano, já que você está saciando a fome. Se alguém clica no botão “Cadastrar seu e-mail” do seu site é um evento, pois ele está tendo um vínculo com sua empresa.

Qualquer coisa que aconteça pode ser um evento, tudo depende da importância que ele tenha. Alguns eventos podem ser bem menos relevantes do que se espera, em compensação outros que pareçam irrelevantes podem ter um impacto muito grande na sua vida e na da sua empresa. A importância do evento varia em como você vai usar aquela informação. Contar quantas pessoas clicam na página inicial do seu site não ajuda em muita coisa, mas saber quantas pessoas clicam no botão “Mais informações” pode fazer com que você queira refazer toda a página de produto.

Alguns exemplos que podem ser úteis é saber quantos clientes:

  • Se cadastram para receber a newsletter (com isso você envia ofertas personalizadas com muita chance de venda);
  • Baixam seu catálogo de produto ou informativo (assim é possível saber se o material está sendo útil e se vale a pena ou não continuar produzindo);
  • Clicam nos filtros de Menor Preço (se muitos usuários clicarem pode ser que seja melhor mudar o filtro padrão);

Basicamente um bom evento é uma informação com a qual você vai tomar alguma decisão em cima.

 

Como criar um Evento

Quem já acessou o GA (Google Analytics) deve ter visto na sessão Comportamento a parte de Eventos, mas talvez nunca tenha se aventurado nesse assunto por causa do terrível demônio dos códigos de programação. Sei bem qual é essa sensação, eu também não entendo nada de programação.

 

O que precisa ser feito é colocar o código abaixo no link que você quer rastrear (onde tem <a href> no html).

_gaq.push([‘_trackEvent’, ’Category’, ’Action’, ’Opt Label’, Opt Value, ’Opt non-interaction’])

 

Calma, apesar de parecer medonho é mais simples do que parece, pois você define cada valor da forma que seja mais fácil para entender. Explicando cada uma das partes imagine que você quer definir como evento quando o usuário clica para ir para um site parceiro:

  • _gaq.push – é um jeito de chamar o GA para ele começar a monitorar.
  • ‘_trackEvent’ – essa parte avisa o GA que o link vai ser considerado um evento.
  • ’Category’ – a categoria que você quer o evento, algo que você possa identificar. No nosso exemplo de rastrear um clique para o site parceiro você pode definir a categoria como “Parceiro”.
  • ‘Action’ – é a ação que o usuário faz, você pode colocar aqui que é um clique ou o nome do seu parceiro – digamos que o nome dele é Jorge.
  • ‘Optional Label’ – esse campo é opcional, mas é útil se você começa a rastrear muitos eventos. É simplesmente uma informação extra. Pode ser uma descrição rápida, a URL do parceiro ou qualquer outra coisa que facilite sua vida. Vamos supor que você tenha o mesmo link do site do Jorge em mais de uma página, então você coloca qual a página do seu site aqui – nesse caso vai ser a “página de parceiros”.
  • Optional Value – Caso o Jorge pague uma comissão de R$1 para cada pessoa que você leve ao site dele, você pode colocar o valor aqui. Também é opcional e você pode excluir caso não use. Não é preciso ter aspas simples no número.
  • ‘Optional Interaction’ – Isso aqui é um pouco mais complicado, isso define se vai afetar ou não sua taxa de rejeição, ou seja, se ninguém clicar no seu link conta para aumentar a taxa de rejeição. Por padrão esse evento não vai afetar sua taxa de rejeição, então pode apagar se quiser e não se preocupe (ufa!). Caso você considere que é muito importante e quer que isso afete a taxa de rejeição defina como ‘true’ (verdadeiro).

No final você vai ter o seguinte código rastreando quantas pessoas vão da sua página de parceiros para o site do Jorge, definido que você ganha 1 real para cada clique nesse link (sem afetar a taxa de rejeição):

_gaq.push([‘_trackEvent’, ’Parceiro’, ’Jorge’, ’Página de parceiros’, 1])

O link para o site do Jorge no seu site é algo do tipo <a href=’http://www.sitedojorge.com.br’>, você só precisa colocar essa linha acima no link, vai ficar assim <a href=’http://www.sitedojorge.com.br’_gaq.push([‘_trackEvent’, ’Parceiro’, ’Jorge’, ’Página de parceiros’, 1])>

Caso você tenha o mesmo link pro site do seu amigo Jorjão também na página inicial e ele te pague 1,50 para cada acesso você decide que isso precisa afetar a taxa de rejeição, portanto o código fica:

_gaq.push([‘_trackEvent’, ’Parceiro’, ’Jorge’, ’Página inicial’, 1.5, ‘true’])

Não entendi, me resuma tudo isso, por favor

Cada parte desse código acima é como se fosse uma frase que você usa pra se comunicar com o Google Analytics. Traduzindo para o bom português fica assim:

“E aí Google Analytics, tudo beleza? (_gaq.push)

Seguinte, rastreia um evento pra mim (_trackEvent)

Tem um amigo meu aqui (Parceiro), o nome dele é (Jorge), preciso que conte pra mim quantas pessoas clicam no link dele que está na (Página inicial). Eu ganho (1.5) pra cada clique, então como é importante quero que isso afete minha taxa de rejeição (true)”

Aí o Analytics te responde quando você acessar Comportamento > Eventos mostrando quantas pessoas clicaram, exatamente do jeito que você pediu.

large-3-300x187 Eventos no Google Analytics

Pronto, você acabou de criar um evento!

Entendido isso as possibilidades são infinitas. Você pode definir eventos para formulários, cliques em imagem, cliques em botões e links e muito mais. Seu interesse é o limite. Lembre-se de sempre fazer alguma coisa de útil com a informação que vai ter, não é bom ter mil eventos registrados que são completamente inúteis. Tenha sempre foco!

Bons eventos e boas vendas.

Fonte: Google advertiser

Sobre Moisés Oliveira

Especialista em Marketing Digital, acompanha tendências e oportunidades de Comunicação Integrada. Responsável pela estratégia online e performance de anunciantes em diferentes segmentos, sua atuação em agências de publicidade e veículos de comunicação agrega valor à carreira iniciada na Administração.

Além disso, verifique

Facebook Slideshow - Formato de Anúncio

Facebook Slideshow – Formato de Anúncio

Facebook Slideshow – Formato de Anúncio O Facebook lançou mais um formato de anúncio chamado …